Meio do caminho

Sonia Racy

14 de abril de 2010 | 06h06

O governo Lula se convenceu de que o edital de Belo Monte foi insuficiente para atrair investidores que sabem fazer contas.Pelo que se apurou, além de benefícios fiscais, vão entrar facilidades do BNDES.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.