Meia-volta

Sonia Racy

08 de agosto de 2013 | 01h08

Depois de desistir de participar do leilão para construir e gerenciar o primeiro trem-bala do País, que ligará o Rio a São Paulo, a empresa espanhola Renfe pediu ao governo brasileiro mais tempo para analisar a questão. E, quem sabe, voltar ao páreo contra os franceses da SNCF.

A possibilidade teria sido o motivo do adiamento do leilão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: