Meia vitória

Sonia Racy

03 de abril de 2015 | 01h05

Empreiteiros que trabalham para o governo de SP estão aliviados: depois de quatro meses, finalmente o Estado retomou o pagamento de obras financiadas por recursos do Tesouro paulista.

Em troca, foram informados de que, por problemas de caixa, Alckmin diminuiu o ritmo das obras que não têm financiamento do BNDES ou externo. Acreditam que vão ter de demitir gente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: