Mea culpa

Sonia Racy

28 de outubro de 2014 | 01h08

Emídio de Souza, presidente do PT em São Paulo e assessor de Dilma no Estado, agradece os ainda que poucos votos paulistas e reconhece, “com muita humildade”, os problemas do partido no Estado.

“Vamos nos recuperar e nos reaproximar da classe média e da juventude.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: