Matemática é assim

Sonia Racy

30 de agosto de 2013 | 01h09

Planilha enviada pela CET ao vereador Aurélio Nomura está deixando a oposição encucada na Câmara paulistana.

A pedido do parlamentar, a empresa esmiuçou quanto gastou em 2012 nos itens previstos em lei: sinalização, engenharia de tráfego e de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. Total? Quase R$ 532 milhões.

Matemática 2 

Também segundo dados da CET, a arrecadação bateu em R$ 900 milhões. Subtraídos os gastos, ficam R$ 368 milhões. Menos os obrigatórios R$ 45 milhões (5% do faturamento) do Fundo Municipal para Desenvolvimento do Trânsito, sobram R$ 323 milhões.

A CET não informa onde gastou este restante.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: