Masp incorpora duas telas de Sandra Cinto ao seu acervo

Direto da Fonte

03 de maio de 2022 | 01h30

Sandra Cinto. Foto: Denise Andrade

O Masp incorporou duas novas obras ao seu acervo. Requiém e Sem título (Noturno), da artista paulista Sandra Cinto. Elas são de 2019 e 2021, respectivamente, e têm mais de dois metros de altura. Os trabalhos trazem a relação entre a pintura, o desenho e a música, característica da produção de Sandra.

INCOMODADOS. Vizinhos do Hotel Rosewood, na Bela Vista, reclamam das festas que vêm acontecendo à noite. Sérgio Avelleda, ex-presidente do Metrô de SP, disparou nas redes: “Festança barulhenta que durou até uma hora da manhã atormentando o sono de todos que moram ao redor do empreendimento”. Consultado, o hotel pediu desculpas pelo “transtorno pontual”. Breve, cenas dos próximos capítulos.

HOMEM COM H. Ney Matogrosso trabalha em um novo projeto: o musical Homem com H, inspirado em sua vida e carreira. O cantor não vai atuar, mas acompanha todo o processo. “Ele cuida do recorte dramatúrgico, da escolha do repertório e, principalmente, da seleção de quem vai interpretá-lo no palco”, conta Marília Toledo, que tanto escreve o texto ao lado de Emílio Boechat como vai dirigi-lo junto de Fernanda Chamma. As audições acontecem na segunda quinzena de maio e o espetáculo deverá ocupar o 033 Rooftop, no último pavimento do Teatro Santander (Ubiratan Brasil).

MERCADÃO VIRTUAL. Grupo liderado pelo Instituto Sociocultural Brasil-China discute propostas para que São Paulo se transforme em uma smart city, aos moldes do bairro 22@ em Barcelona. A primeira medida será digitalizar o Mercadão e levá-lo para o metaverso – pastel de bacalhau e sanduíche de mortadela inclusos.

LUZ. No segundo semestre, o Mercadão volta a ser iluminado à noite e abrir até as 22h.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.