Martelo batido

Sonia Racy

27 de agosto de 2014 | 01h09

Por falta de provas, a Justiça Militar de São Paulo absolveu dois policiais militares acusados de insubordinação durante protesto em junho do ano passado. O MP decidiu entrar com recurso.

E o tenente-coronel condenado a seis meses de detenção por abandono de posto recorreu da decisão. Esses são os únicos processos envolvendo PMs que atuaram nas manifestações do ano passado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.