Marinha investe R$ 7 bi em novas fragatas

Marinha investe R$ 7 bi em novas fragatas

Sonia Racy

07 de fevereiro de 2020 | 10h58


FRAGATA NO LITORAL FLUMINENSE. FOTO: YOUTUBE

 

A Marinha brasileira marcou para o dia 4 de março a assinatura, em Brasília, do contrato de encomenda de quatro fragatas leves da nova classe Tamandaré — um negócio avaliado em cerca de R$ 7 bilhões. Os navios serão construídos pelo consórcio Águas Azuis em Santa Catarina, no estaleiro Oceana, de Itajaí. A escolha do grupo de empresas foi feita por meio de uma concorrência que previa o envolvimento de organizações nacionais e estrangeiras. A associação vencedora é liderada pelo grupo alemão Thyssenkrupp e pela brasileira Embraer Defesa e Segurança (EDS).

Definidas no início do programa como corvetas, as embarcações ficaram um pouco maiores, ganhando nova denominação. Levam até 136 tripulantes, lançam mísseis, torpedos e fazem deposição de minas.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.