Marina Ruy Barbosa: ‘Quero divulgar meu livro nas escolas’

Marina Ruy Barbosa: ‘Quero divulgar meu livro nas escolas’

Sonia Racy

27 Abril 2018 | 00h45

Foto: Rodrigo Zorzi

“Eu amo atuar e é isso que quero fazer para o resto da minha vida”, disse Marina Ruy Barbosa à coluna durante almoço da marca carioca Mr. Cat – da qual é garota propaganda – ontem, no Morumbi. A atriz contou que está ansiosa para ver o resultado de sua estreia no cinema, com o filme Todas As Canções de Amor, de Joana Marini.

Marina também está escalada para uma próxima novela e quando achar um tempo na agenda pretende se dedicar a divulgar seu livro, Inspirações, em escolas para incentivar a leitura de poesia. Confira trechos da entrevista, a seguir.

Como uma boa millennial você atua, vai a desfiles de moda, administra um Instagram com mais de 22 milhões de seguidores e faz campanhas publicitárias. Como concilia tudo isso?
Na verdade sou atriz, essa é minha prioridade e sempre será. As coisas que acontecem em paralelo vão surgindo. Acho que não podemos nos rotular. Temos que aproveitar as oportunidades, para nos irmos descobrindo, nos conhecendo melhor e vendo o que realmente queremos. Adoro fotografia, moda, mas atuar é minha profissão. É o que quero fazer pelo resto da minha vida.

Quais são os próximos planos no campo da sua atuação?
Estou no ar na novela Deus Salve O Rei, mas já estou escalada para outra novela e também vou lançar o filme Todas as Canções de Amor, da Joana Marini, nos cinemas.

Será sua estreia nos cinemas. Gostou da experiência?
Gostei muito, gravei com Julio Andrade, Bruninho Gagliasso e Luiza Mariani. Estou bem curiosa para ver o resultado. Na sequência lanço Sequestro Relâmpago, um filme da Tata Amaral com preparação da Fátima Toledo, foi uma experiência incrível gravar esse longa.

E seu livro? Na época do lançamento você disse que escreveu Inspirações para incentivar os fãs a lerem mais. Sentiu uma resposta positiva da parte deles?
Recebo muitas mensagens de meninas falando que começaram a escrever inspiradas no livro, o que me deixa muito feliz. Quando a novela acabar, quero ter um tempo para me dedicar à divulgação, visitar as escolas. Amo ler, amo poesia e peguei gosto pelo escrita por causa desse projeto.

O que está lendo atualmente?
Confesso que estou lendo mais capítulos da novela do que qualquer outra coisa. Mas sempre consigo uma brecha, mesmo que pequena, para ler um livro. O último foi ‘Silêncio — na Era do Ruído’. / SOFIA PATSCH