Marco Aurélio nega pedido de associação do MP em ação sobre prisão em segunda instância

Sonia Racy

13 Junho 2018 | 00h40

MARCO AURÉLIO MELLO

MARCO AURÉLIO MELLO. FOTO: UESLEI MARCELINO/REUTERS

Marco Aurélio Mello disse não à Conamp. A associação do MP queria participar da ação do PC do B que questiona a prisão em 2.ª instância.

Para o ministro, ela não tem “afinidade com o preceito em jogo”. Ou seja, com a presunção de inocência.

Leia mais notas da coluna:

Promotor e juiz que mandaram esterilizar mulher são os mesmos que atuam em sua ação criminal

Cupido de Trump e Melania sonha que seu filho chegue à Casa Branca