Marcelo Calero fala sobre ética na CVM, no Rio

Sonia Racy

29 de setembro de 2017 | 00h45

FOTO DIDA SAMPAIO / ESTADÃO

Marcelo Calero, que deixou o Ministério da Cultura de Temer denunciando Geddel Vieira Lima, foi convidado a falar sobre ética… na CVM, no Rio.

No momento em que a comissão investiga se a JBS usou de informação privilegiada e cometeu insider trading, ao negociar suas ações no mercado logo após Joesley Batista fechar o acordo de delação premiada.

O ex-ministro da Cultura já atuou na comissão, no início da carreira, como coordenador de inquéritos da instituição.

Leia mais notas da coluna:

Decisão do STF passou Aécio à frente de Jucá e Renan

Petrobrás define novo gerente de comunicação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: