Mãos à obra

Mãos à obra

Sonia Racy

05 de janeiro de 2020 | 00h55

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Cada sandália da marca de Adriana Farina demora em média três dias para ser confeccionada. Para ajudá-la no processo, a estilista treinou uma equipe de artesãos de comunidades carentes paulistanas. “Tenho uma enorme satisfação em contribuir para mudar a realidade dessas mulheres”, diz Adriana, que valoriza os detalhes em suas peças e costuma garimpar matérias-primas de vários lugares do mundo. Esse mês ela lança um serviço de “home experience” em que a cliente recebe os calçados em casa e pode experimentá-los antes de comprá-los. “Minha cliente é uma mulher que valoriza um produto elaborado a mão e com tiragem limitada.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: