Mandinga

Sonia Racy

10 de junho de 2014 | 01h03

Thiago Silva também tem suas superstições. No vestiário, se ajoelha e, diante da camisa, pede proteção a Deus – até para o adversário. Depois, entra com o pé direito em campo e faz o sinal da cruz três vezes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.