‘Mamãe Falei’ busca partido para disputar a Prefeitura

Sonia Racy

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você leu 4 de 5 matérias gratuitas do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

ARTHUR DO VAL. FOTO: ESTADÃO

 

Não está fácil para Arthur do Val, o Mamãe Falei, encontrar um partido alinhado com tudo o que defende – e que, principalmente, viabilize sua candidatura a prefeito de SP. Expulso recentemente do DEM e ligado ao MBL, ele garantiu à coluna que recebeu muitos convites, mas não quer “atropelar as conversas”.

Do Val, o segundo deputado mais votado no Estado — com mais de 470 mil votos na capital, atrás apenas de Janaína Paschoal — já avisou que não pretende o lugar de vice. Conta que é fã de João Amoêdo – mas o Novo já decidiu lançar, na disputa paulistana do ano que vem, Felipe Sabará.

Sem guardanapo

Os governadores do Nordeste que estão em missão comercial na Europa almoçaram batata frita em Roma e cachorro-quente em Berlim. Um deles, em contato com a coluna, explica: não tem sobrado tempo para as refeições e eles se viram nos deslocamentos de van.

A austeridade, ao que parece, tem compensado nos negócios. No início de 2020, um Estado nordestino, ainda a definir, será sede de encontro com bancos europeus e federações da indústria de França, Itália e Alemanha.

Casos famosos

A juíza Sueli Zeraik, que concedeu, ontem, liminar favorável a Suzane von Richthofen, impedindo a publicação de livro sobre ela – como antecipou a coluna –, é a mesma de outros dois casos famosos. Ao médico Roger Abdelmassih ela concedeu, em 2017, cumprimento da pena em casa, com tornozeleira. E a Alexandre Nardoni deu este ano regime semiaberto.

Autor do livro Suzane –Assassina e Manipuladora, Ulisses Campbell vai recorrer da decisão. A editora Matrix também.

Ibirapuera na mira

Chegou ontem ao TJ paulista, pelas mãos de Gilberto Natalini, apelação para impedir o contrato de concessão do Parque do Ibirapuera. O vereador do PV diz que o texto do Plano Diretor não é claro e não garante o cumprimento de normas técnico-ambientais.

GP do Brasil: SP

na pole position

Enquanto o Rio briga para levar para lá a disputa do GP Brasil de F1, a Prefeitura paulistana comemora: subiu 8%, de R$ 334,4 milhões para R$ 36l,4 milhões, este ano, a movimentação financeira do GP disputado há duas semanas em Interlagos. E o público foi de 158 mil pessoas, contra 150 mil em 2018.

Os dados, divulgados ontem pela coluna, são do Observatório de Turismo, contratado pela Secretaria de Turismo de SP.

Vida após

a novela

Vivi Guedes, personagem de Paolla Oliveira em A Dona do Pedaço, vai continuar nas redes após o fim da novela. Com 2,5 milhões de seguidores, o perfil fictício da blogueira será usado pela Globo para distribuir conteúdos como tutoriais de maquiagem e dicas sobre tendências.

Sementes

Kobra já começou o processo para criar um instituto de apoio a jovens carentes. O grafiteiro procura um imóvel para sediar o espaço, que vai oferecer oficinas, palestras e aulas, além de um espaço de exposições. “Sempre quis isso. Tem ligação com minha origem humilde. Quero retribuir”, diz.

Acordo

A Petrobrás informa que não perdeu a ação contra investidores americanos. E sim fez um acordo de US$ 3 bilhões.

 

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato