Mais tempo

Sonia Racy

16 de outubro de 2014 | 01h03

O governo prorrogou, por mais um ano, a permanência no Brasil do senador boliviano Roger Pinto Molina. Dilma só deve decidir se aceita o pedido de asilo político depois das eleições.

Com a prorrogação, a presidente evita um problema político.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.