Mais de 50 municípios do Estado já pediram situação de calamidade, por coronavírus

Sonia Racy

27 de março de 2020 | 00h45

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO – FOTO: ALESP

Mais de 50 municípios – dos 645 do Estado de São Paulo – entraram com pedido de homologação de situação de calamidade pública, por conta da covid-19, na Assembleia paulista. Na prática, a medida desburocratiza processos, como facilitar compras emergenciais. “O Estado e a capital já enviaram seus decretos e serão aprovados nessa ordem”, avisa o presidente da Casa, Cauê Macris.

O tucano, aliás, não fará teste da covid-19. Mesmo após intenso contato que vinha mantendo com David Uip, que testou positivo, além de João Doria, Bruno Covas…

Antes tarde…

Dos nove governadores do Nordeste, só Camilo Santana, do Ceará, não tinha Twitter. O petista estreou sua conta na videoconferência com colegas nordestinos. Em pouco mais de 24h, obteve quase 20 mil seguidores.

Repondo 

A Natura &Co começou a envasar, em SP, 250 mil litros de álcool 70% doados pelo Grupo São Martinho à Secretaria de Saúde do Estado. No Rio, a Ambev também está produzindo álcool em gel em uma de suas cervejarias.

Combate

Mario Covas Neto vai doar metade do salário para o combate ao coronavírus enquanto durarem as sessões virtuais da câmara. “Além disso, de minha parte, uma parcela das minhas emendas estão sendo destinadas à Secretaria Municipal de Saúde para o combate à epidemia”, diz o vereador.

Procurando saber

Ronaldo Caiado foi o termo que mais cresceu em buscas no Google Brasil. O interesse pelo governador saltou 1.050% nas últimas 24 horas após Caiado anunciar rompimento com Jair Bolsonaro.

Reconhecido

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, tem recebido dezenas de fotos de profissionais da saúde em seu celular. “Finalmente vão reconhecer o papel do SUS”, disse ele à coluna.

Corrente do bem

Rodrigo Oliveira, do Mocotó, está distribuindo quentinhas para famílias carentes. A ação, que começou discreta em conjunto com a associação do bairro Vila Medeiros, cresceu e agora o chef está recebendo doações para aumentar a produção de marmitas.

Tendências: