Luz das estrelas e brilho dos paetês

Sonia Racy

15 de junho de 2012 | 01h09

Ivete Sangalo, Alcione, Cauby Peixoto. Os gêneros musicais são bem diferentes, mas os figurinos… A baiana, a maranhense e o rei da voz escolheram brilhar durante cerimônia de entrega do Prêmio da Música Brasileira, segundo publicou ontem o E+ do Estadão online.

Ivete, super em forma num vestido colado e brilhoso, cintura marcada e decote apenas nas costas, poderia levar o troféu da mais bem vestida. Alcione, que por vezes peca pelo exagero, arrebentou toda de preto. Cauby, premiado como melhor cantor, combinou blusa e gravata brilhantes com terno mais sóbrio do que o habitual. Já Gaby Amarantos chegou parando o foyer do Municipal carioca com um inacreditável arranjo de cabeça de penas altas e LEDs vermelhos (ver acima). O vestido, do tipo envelope, mostrava silhueta enxuta.

No palco, muita animação entre Gaby e Zeca Pagodinho, incluindo medley de discursos feminino e masculino. Brincaram de se paquerar e até deram selinho no fim do número. A cantora trocou de roupa: surgiu com um estranho vestido que parecia uma camiseta costurada a uma anágua. Na cabeça, outro arranjo, que acabou se soltando no meio de uma música. A paraense nem badalou na festa que se seguiu, no Jockey Club, para a qual a maioria rumou: estava com febre alta e correu para a cama.

Quem também “causou”, como de costume, foi Luana Piovani, apresentadora, com Zélia Duncan. Começou a noite de terninho, enquanto Zélia, que, em geral, adota looks menos femininos, estava com um vestido de baile. No meio da noite, trocaram de estilo, e Luana, já com o mesmo corpo de antes da gravidez (ela deu à luz no fim de março), surgiu com um vestido preto de paetês glamouroso, cabendo a Zélia o traje masculino. Lendo o texto em homenagem a João Bosco no teleprompter, as duas pareciam seguras na função – em anos anteriores, desempenhada por atrizes com experiência nesse tipo de tarefa, como Fernanda Torres e Regina Casé. Mas, já no começo, Luana se atrapalhou. “Devagar! Assim, você está querendo me derrubar!”/ROBERTA PENNAFORTE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.