Luxo a bordo

Luxo a bordo

Sonia Racy

24 de novembro de 2013 | 01h10

Foto: Arquivo pessoal

Ela queria ser veterinária, mas se formou em Design pelo IAD. “E o diploma acabou ficando anos e anos na gaveta”, diz Tania Ortega, divertida. Foi a experiência no marketing da Ferretti que mostrou o caminho, e a moça decidiu: se especializaria em design… de interiores de barcos de luxo. Atualmente, não são poucos os milionários que entregam a chave de seus potentes iates a ela. O desafio? “Otimizar espaço e criar um ambiente aconchegante. Afinal, são casas flutuantes”, explica. Vinte anos depois do primeiro projeto, ela acaba de fechar parceria com a Intermarine e abrirá, no fim deste mês, loja na Gabriel Monteiro da Silva – a Tutto a Bordo, em conjunto com os irmãos Fahrer (que fazem design de mobiliário) e a Avantime (empresa de automação). “O mercado náutico está aquecido”, avalia Tania, que viaja sazonalmente à Itália, onde se mantém atualizada. Projeto mais complexo da carreira? “Sem dúvida, um Pershing 115, barco de 35 metros de comprimento, mais de 900 m² de área útil e movido a turbina de avião.” Propriedade de Eike Batista.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: