Lupa

Sonia Racy

17 de julho de 2010 | 23h03

Atenta às questões financeiras do futebol, Elena Landau defende que nenhuma obra para a Copa de 2014 seja feita sem licitação. Sua convicção aumentou depois que leu artigo no Guardian dizendo que o governo sul-africano gastou US$ 5,2 bilhões com o mundial e Fifa embolsou líquido US$ 3,7 bilhões.