Lupa geral

Sonia Racy

11 de agosto de 2015 | 01h06

Entre Lava Jatos e Pixulecos, a CGU aderiu aos novos tempos. Avisou ontem que, ao fiscalizar orçamentos municipais, agora, poderá mandar relatórios à PF, ao MP, ao TCU, à AGU, à Câmara, ao Senado e às prefeituras. Para eventuais “medidas corretivas”.