Lula, um liberal

Redação

18 de março de 2009 | 06h00

Lula foi apresentado à plateia de Nova York, pelo editor-chefe do Wall Street Journal, Robert Thomson, como “um dos mais importantes porta-vozes do livre comércio no mundo”.

E retribuiu a gentileza à altura: “Se tivesse sido ele a me introduzir nas campanhas eleitorais que eu perdi, talvez não tivesse perdido.”

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.