Lula pediu indenização contra pessoas que postaram sobre neto falecido

Sonia Racy

14 de julho de 2019 | 00h55

LULA. FOTO: DOUGLAS MAGNO/AFP

LULA. FOTO: DOUGLAS MAGNO/AFP

Lugar errado

Lula entrou dias atrás com ações de indenização, no Juizado de Pequenas Causas do ABC, contra duas pessoas que divulgaram posts no Facebook sobre seu falecido neto. Pedia R$ 1 mil de cada uma e perdeu.

O juiz Carlos Visconti deu duas razões para tomar essa decisão: primeiro, o Juizado não realiza as diligências pedidas. Segundo, não atende pessoas presas. Recomendou que o ex-prresidente vá à Justiça comum.

Realpolitik

Se o Novo fincasse pé em reincluir Estados e municípios na reforma da Previdência, na quarta, cerca de 80 deputados abandonariam o plenário. O que obrigaria Rodrigo Maia a suspender a sessão e adiar a votação.

Mas o Novo recuou. Vinicius Poit explicou que 0 partido aceitou retirar a emenda depois de construir saída com Maia, Alcolumbre e Carlos Sampaio, do PSDB. Quando a reforma for promulgada, a inclusão de Estados e municípios vai virar uma PEC paralela no Senado. “Os senadores concordaram , disse Poit à coluna. “Aprovando lá, montaremos uma comissão especial para isso na Câmara.”

Gols da Copa

Além da seleção de Tite, São Paulo também ganhou a Copa América. Foi o que constatou pesquisa recém-concluída pela Prefeitura, com base nos gastos médios de torcedores. Placar final? R$ 231 milhões movimentados por quase 250 mil pessoas.

Somados, os paulistanos representaram 48% de toda a torcida – mas quem surpreendeu de fato foram os turistas estrangeiros. Eles somaram 21% do total nos jogos de SP – contra 13% do interior paulista. E tiveram despesas médias de R$ 2,8 mil, contra R$ 590 dos paulistanos. O Observatório de Turismo da SPTuris ouviu 2.895 pessoas.

Timbalando

Carlinhos Brown vai à ONU moderar, nesta terça, o painel Engajando a Juventude para um Futuro Sustentável. Organizado pela Rede Brasil do Pacto Global, o evento é dirigido a investidores e executivos.

Leia mais notas da coluna:
+ Área preservada da Juréia é invadida e fiscalização falha
+ Associação de diplomatas reage à possível nomeação de Eduardo Bolsonaro

Tendências: