Longe e perto

Sonia Racy

13 de dezembro de 2015 | 01h01

A Soufan – consultoria de segurança dos EUA – divulgou um estudo sobre combatentes estrangeiros no Estado Islâmico, na Síria e no Iraque.

De acordo com o relatório apresentado, existem três brasileiros e vinte e seis argentinos lutando pelo EI nesses países.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: