Longa caminhada

Sonia Racy

05 de maio de 2016 | 01h33

Ainda que o PT consiga os 32 votos necessários para viabilizar a CPI da Merenda na Alesp, muita água terá que rolar para que ela vá em frente.

O PT precisa fazer acordo com os outros partidos para “furar a fila” de CPIs. Depois, tem de aprovar o pedido nas comissões, votar no plenário – o que depende de Fernando Capez colocar o assunto em pauta…– e debater a questão por pelo menos 24 horas.

Caminhada 2

Nos cálculos de um tucano, no melhor cenário a CPI começaria… no final do ano.