Livre

Sonia Racy

15 de dezembro de 2011 | 23h03

Asne Seierstad, autora de O Livreiro de Cabul, foi absolvida esta semana de acusação feita pela família Sultan Khan, que a abrigou em 2001. A jornalista foi acionada por invasão de privacidade ao relatar o dia a dia da casa.

Cabe recurso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.