Live and let die

Sonia Racy

11 de dezembro de 2012 | 01h03

Antonio Anastasia está passando o chapéu entre empresários mineiros – para pagar a vinda de Paul McCartney, em maio, cujo cachê é de R$ 7,5 milhões.

Até agora, porém, só ouviu “não”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.