Ligado/desligado

Sonia Racy

28 de janeiro de 2014 | 01h05

Ao acompanhar o noticiário sobre a reação do mercado financeiro ao discurso de Dilma em Davos, pode-se concluir que a fala da iniciativa privada em on (quando a fonte é identificada) está cada vez mais distante da fala em off (quando não se revela o nome da fonte).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.