Líder do PSL embarca para o Ceará e tentará mediar conflito

Cecília Ramos

20 de fevereiro de 2020 | 11h27

MAJOR OLIMPIO. FOTO: GABRIELA KOROSSY/CÂMARA DOS DEPUTADOS

MAJOR OLIMPIO. FOTO: GABRIELA KOROSSY/CÂMARA DOS DEPUTADOS

O líder do PSL no Senado, Major Olimpio, desembarca nesta quinta-feira (20) à tarde no Ceará, onde participará de reuniões com as associações e com o governo do Estado sobre a crise instalada diante da paralisação dos policiais e bombeiros militares. A classe reivindica aumento salarial.

Major Olimpio, que é policial militar da reserva, viaja a pedido do senador cearense Eduardo Girão. Tentará ajudar com a experiência na mediação nesse tipo de conflito.

“Temos que abrir um canal de diálogo dos policiais e bombeiros militares com o governo para pacificar o local”, disse o major.

Na manhã desta quinta, o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE), baleado ontem na manifestação policial — quando, dirigindo um trator, tentava avançar rumo à área onde estavam os grevistas — deixou a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital do Coração, em Sobral. Foi transferido para uma unidade de saúde de Fortaleza na manhã desta quinta-feira (20).

Tudo o que sabemos sobre:

Major OlimpioCid GomesCeará

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: