Líder de grupo que quer comprar vacinas, Carlos Wizard está nos EUA visitando fabricantes

Marcela Paes

08 de abril de 2021 | 12h22

CARLOS WIZARD

CARLOS WIZARD. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

Carlos Wizard está nos Estados Unidos visitando laboratórios e fabricantes de imunizantes contra a covid-19. O empresário lidera, junto com Luciano Hang, grupo que planeja compra de vacinas para funcionários.

De acordo com Wizard, o grupo já está em conversação avançada com fabricantes na Ásia, Europa e Estados Unidos. “Estamos avaliando fatores como qualidade, tempo de entrega e preço. A corrida pela vacina fez com que muitos fabricantes superfaturem o preço”, diz ele.

A compra de vacinas que ainda não tenham sido liberadas pela Anvisa, mas têm o o aval da OMS, não é descartada.  Segundo Wizard, o prazo de entrega prometido seria de 30 dias após a assinatura do contrato.

De acordo com Wizard, os empresários pretendem aguardar que o PL 948/21, aprovado na terça (6) pela Câmara, passe pelo Senado e seja sancionado por Bolsonaro para formalizar a compra.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.