Lex modernex

Sonia Racy

05 de março de 2013 | 01h05

A prioridade zero de Carlos Alberto Reis de Paula, que assume hoje a presidência do TST, será… São Paulo.

O ministro quer acabar com as ações de papel e implantar o processo eletrônico em todo o Estado – que tem o maior passivo trabalhista do País.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: