Leitura

Sonia Racy

19 Fevereiro 2013 | 01h03

Durante o carnaval, Alckmin não desgrudou um instante de O Tratamento do Usuário de Crack, livro dos médicos Marcelo Ribeiro e Ronaldo Laranjeira.

O governador se impressionou com o relato da progressão devastadora do crack em curto espaço de tempo. “A droga quase não existia no início dos anos 90”, afirmou o tucano.