Leilão do SP Turis fracassa e Prefeitura pede que TCM reveja seu preço

Sonia Racy

14 de agosto de 2019 | 16h33

.

COMPLEXO DO ANHEMBI. FOTO: JOSÉ CORDEIRO

 

Ante o fracasso do leilão de privatização da SPTuris hoje, conforme previsto pela coluna Direto da Fonte, a Prefeitura está pedindo ao TCM que reveja o valor fixado. Mais precisamente, que o conselheiro Domingos Dissei refaça os cálculos que fez para definir esse preço.

Seis avaliações diferentes, feitas por três empresas especializadas, levaram a Prefeitura à conclusão de que o ativo — cujo item principal é o Complexo do Anhembi — tem preço mínimo de R$ R$ 1.007.000.000,00.

Leia mais notas da coluna:
+Hora não é boa para mexer na parte econômica da Constituição, diz Sundfeld
+Parceria de prefeitos faz de Miami e Rio ‘cidades gêmeas’

 

 

Tendências: