Lei seca

Sonia Racy

07 de setembro de 2014 | 01h02

Empresários já começam a atuar em Brasília para barrar projeto de lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência de postos de combustível.

Segundo o Sincopetro, entidade que representa os donos de postos de São Paulo, até 30% do faturamento de uma loja desse tipo é proveniente da venda de bebidas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: