Legalmente, Bolsonaro pode ser convocado para CPI da Pandemia

Sonia Racy

28 de maio de 2021 | 00h50

BOLSONARO – FOTO EVARISTO SÁ/AFP

Circula no meio empresarial dúvida sobre a legalidade de uma convocação de Bolsonaro, na condição de testemunha, pela CPI da Pandemia. Consultado, o jurista Oscar Vilhena, da FGV, atesta que não há empecilho na Constituição. “A comissão tem poder de investigação próprios de autoridade judicial”, explica.

O jurista é secundado pelo também jurista Miguel Reale Júnior, que lembra, inclusive, do artigo 148 do regimento interno do Senado. “O presidente é constantemente referido como partícipe de fatos objeto do inquérito em curso. E justifica-se ser ouvido sobre o que sabe e vivenciou”.

Tem, entretanto, o direito de marcar dia e hora ou de testemunhar por escrito pelo Código do Processo Penal.

Reforço

Em tempos sombrios, o crematório da Vila Alpina ganha reforço e reforma, duplicando sua capacidade. Com isso, a Prefeitura passará a oferecer serviço… público de cremação pela primeira vez. Desembolso de R$ 5 milhões.

Irônica

Kátia Abreu arrancou risadas de seus interlocutores ao usar o humor para criticar Ricardo Salles.

Em entrevista a Reinaldo Azevedo, a senadora repassou seu “troféu Motosserra”, dado pelo Greenpeace, ao ministro do Meio Ambiente. “Eu ter esse troféu ainda seria justificável, porque era ministra da Agricultura, mas ele, receber como ministro do meio ambiente, é inusitado”, ironizou.

Girl power

No ano em que todas as exposições exibidas pelo MASP serão exclusivamente de artistas mulheres, está incluída a promessa de abertura, em dezembro, de mostra individual de Ione Saldanha. Curada por Adriano Pedrosa.

Estrela virtual

Jeferson Araujo foi escolhido pela Disney para criar o filtro em realidade aumentada de Cruella. O gaúcho de Santa Maria – onde mora – é arquiteto de formação. Seus filtros para Instagram já foram usados por Anitta e Madonna e ele já trabalhou para artistas como Pabllo Vittar e Flávia Alessandra.

Vem aí

Sergio Guizé escalou o diretor de teatro Régis Trovão para dirigir o clipe da primeira música do seu álbum solo, que vai estrear no YouTube.

Na canção Peito Vazio, Guizé faz uma releitura de Cartola.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.