Teje preso

Redação

11 de setembro de 2009 | 13h01

Os crimes contra o consumidor começam a ficar mais caros para lojistas abusados. Acaba de ser criada, na área da Segurança, a Divisão de Investigações de Infrações contra o Consumidor, com três delegados.

Vão trabalhar com o Instituto de Pesos e Medidas – que investiga os abusos mas não tem poder de polícia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.