Ser ou não ser

Redação

08 de setembro de 2009 | 07h51

Embora não saia do noticiário, Antonio Palocci cumpriu à risca a promessa de sumir depois da decisão do STF.

Dirigentes do PT reclamam que ele não procurou ninguém, ainda, para dizer o que planeja fazer em 2010.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.