Sem risco

Redação

12 de novembro de 2009 | 09h33

A segurança de Shimon Peres não brinca em serviço: na visita ao Senado, anteontem, exigiu que ele entrasse pela porta da chapelaria.

Onde o carro pode parar a dois metros da entrada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: