Sem digitais

Redação

21 de outubro de 2009 | 07h32

Assim que Guido Mantega anunciou a taxação de capital estrangeiro em 2% de IOF, o mercado teve certeza: Emilio Garófalo, do BC, não ajudou a montar a medida. Que deve, segundo os analistas, ter efeito tímido no curto prazo, e só. A não ser que subam o imposto.

O especialista em câmbio continua sentado em sua cadeira no BC, apesar de “emprestado” à Fazenda.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: