Sem déficit esportivo

Redação

25 de agosto de 2009 | 09h16

Vai dar confusão. Ricardo Teixeira, da CBF, enviou para análise de Lula projeto para tentar colocar ordem nas finanças dos clubes de futebol. Basicamente, ele torna obrigatório que cada um apresente plano orçamentário viável atrelado à sua arrecadação. “Só pude avançar nisso porque meu mandato vai até 2015”, explica. Punição aos clubes que apresentarem déficit? Perderão pontos… no Brasileirão.

Argumento do presidente da CBF à coluna: “A única coisa que dirigente de clube respeita, mesmo, é ponto no campeonato.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.