Sem déficit 2

Redação

25 de agosto de 2009 | 09h16

De olho na Copa de 2014, Teixeira se diz otimista quanto aos estádios – acha que ficarão prontos a tempo. Mas levanta a questão: como sofrerão reformas, durante as obras não poderão abrigar os jogos habituais.

Aí fica a dúvida cruel: onde os clubes farão então as suas partidas? Se for em estádios menores, perderão receita…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.