Sem curvas

Redação

29 de setembro de 2009 | 07h43

Pressões à parte, o Itamaraty avisa: não pensa em mudar sua estratégia em Honduras. Vai continuar defendendo volta de Zelaya ao poder.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.