Parto polêmico

Redação

01 de setembro de 2009 | 08h00

José Temporão, da Saúde, já se prepara para batalha na Câmara.

Prega o veto de dois projetos de lei que regulamentam o trabalho de parteira no País. Embora reconheça a profissão (tanto que o ministério dá cursos de capacitação às parteiras), o ministro defende que apenas duas categorias estejam habilitadas para a realização de partos. Os médicos e os enfermeiros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.