Olho de lince

Redação

11 de dezembro de 2009 | 11h18

Graças ao acordo fechado ontem, em Pequim, por Dirceu Barbano com a agência sanitária chinesa, a Anvisa vai poder inspecionar regularmente as fábricas de insumos que exportam produtos para o Brasil.

Afinal, não é pouco o que vendem para cá: algo como US$ 750 milhões por ano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.