O valor do “não”

Redação

14 de outubro de 2009 | 07h35

Bastou o INPI negar o registro do antirretroviral Tenofovir para o preço despencar. A compra feita pelo Ministério da Saúde, semana passada, de 30 milhões de comprimidos, saiu por US$ 1,75 cada unidade. Na compra anterior, antes da negação da patente, o preço foi de US$ 2,54. Economia calculada para o SUS: R$ 42,5 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: