Nome da vez

Redação

22 de outubro de 2009 | 10h27

Pelo que se apurou, tem motivo simples o fato de o nome de Sérgio Rosa, da Previ, estar sendo “usado” para incomodar Roger Agnelli, da Vale.

É que seu mandato acaba em maio e ele não pode ser reconduzido à presidência. A não ser que mudem os estatutos do fundo de pensão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: