Na frente

Redação

15 de dezembro de 2009 | 10h50

link Ao voltar para o segundo bis, na sexta, Maria Bethânia quis cantar uma canção cuja letra estava nas mãos de… Cássio. Bethânia gritou, chamou e o moço, nada. Acabou cantando Ronda. Ninguém ficou sabendo onde foi parar Cássio.

link No ano em que completa cem anos, o Bar Vesúvio – o de Jorge Amado, em Gabriela – tenta emplacar projeto cultural no Ministério da Cultura e também na Secretaria da Bahia.

link Araquém Alcântara lança Sertão sem Fim, hoje, na Livraria da Vila da Lorena.

link Fernanda Marques comemora seus 20 anos de carreira com lançamento de livro. Hoje, na Casa do Saber.

link Vistos sábado em sessão garimpo no Santa Luzia, Charlô Whately e Philippe Marc, do Plaza Athénée. Preparando o cardápio para o jantar a quatro mãos que farão hoje no bistrô?

link Minutos depois da agressão contra Berlusconi, o Facebook recebeu 20 novas comunidades exaltando Maximo Tartaglia, autor da aclamada “façanha”.

link Roberto Justus e Marcos Quintela pilotam jantar, hoje, na Y&R. Com direito a brinde à promoção de Quintela.

link O Pacotão, grupo carnavalesco de Brasília, definiu tema para 2010. Pedirá… a troca de José Roberto Arruda por Zelaya.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.