Ecumênico

Redação

11 de dezembro de 2009 | 11h19

Coisas da vida. O projeto da Camargo Corrêa entregue a Shimon Peres, propondo solução para o problema de água em Israel, foi concebido no Hotel do Vaticano, em Roma. “Tive essa ideia lá”, conta Fernando Botelho.

A “pequena” obra, de algo como US$ 3 bilhões, inclui uma “bi-nacional” a la Itaipu, entre Israel e Jordânia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.