Dia de Marina

Redação

01 de setembro de 2009 | 07h59

Único verde do governo Lula, o ministro Juca Ferreira evitou o microfone e o público na festa-filiação de Marina Silva no PV, domingo, em São Paulo. Perguntado sobre “Dilma ou Marina em 2010”, contra-atacou: “Isso só pode ser provocação.”

Até o presidente do PV, José Penna, tomou cuidados: chegou com três seguranças, mesmo sabendo que a maioria, na plateia era gente sua. À vontade, mesmo, estava Zequinha Sarney. Tirou fotos com todo mundo e até anunciou o futuro líder do PV na Câmara: o baiano Edson Duarte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.