Concorrência 2

Redação

08 de outubro de 2009 | 07h32

No leilão de segunda, pagou-se pouco menos de R$ 0,90 o comprimido. Tudo porque entrou no páreo nova empresa de genéricos – só havia uma, até então, fabricando o Sevelamer.

O curioso é que quem levou não foi a nova concorrente – e sim a que, antes, tinha o monopólio do produto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.