Bola na trave

Redação

27 de agosto de 2009 | 08h27

Cem bolas de futebol.

Foi o que o chanceler do Burundi, Augustin Nsanze, pediu a Celso Amorim, nesta primeira visita ao País.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.